Frete grátis para todo o Brasil a partir de 99 reais.

Parcele em até 6x Sem Juros. Parcela mínima de 99 reais.

    • Notas Mistral

      Dicas e Curiosidades

      Estudo reforça que o consumo moderado de vinho ajuda a proteger o cérebro contra demência

      Uma taça de vinho por dia, como parte de uma dieta saudável, pode proteger o cérebro contra o Alzheimer.

      Estudo reforça que o consumo moderado de vinho ajuda a proteger o cérebro contra demência

      Uma taça de vinho por dia, como parte de uma dieta saudável, pode proteger o cérebro contra o Alzheimer e o prejuízo cognitivo relacionado ao envelhecimento. É o que mostra uma nova pesquisa do Medical Center da Rush University, em Chicago, reportada no site da revista Wine Spectator. De acordo com a epidemiologista nutricional e líder do estudo, Martha Clare Morris, o vinho tinto é rico em polifenóis, que ajudam a proteger o cérebro.

      Pesquisas anteriores já haviam mostrado que esses polifenóis encontrados no vinho tinto podem atuar na prevenção contra a demência, uma condição caracterizada pela perda da função cerebral, cujos sintomas incluem problemas cognitivos e de memória.

      O estudo, publicado no “Alzheimer’s & Dementia: The Journal of the Alzheimer’s Association”, sugere que quando o consumo de vinho associado à dieta mediterrânea aumenta a vida de pacientes com a doença de Alzheimer. Dessa forma, consumir peixes, aves, óleo de oliva, nozes e outras frutas secas, vegetais, com ênfase nas hortaliças verdes, frutas vermelhas e vinho contribuem diretamente para a manutenção da saúde do cérebro.

      Materias relacionadas