Castello del Terriccio

Castello del Terriccio é um dos mais reverenciados nomes da Itália e uma das estrelas de Maremma, emergiente região vinícola situada na costa Toscana. Sua história recente tem início no período pós-guerra, quando a proriedade foi adquirida por Serafini Ferri (cuja família está da administração da adega até os dias atuais).

Até os anos 1970, a propriedade ainda era conhecida, principalmente, pela produção e comercialização de cereiais, mas com o tempo, o cultivo vinícola foi ganhando espaço e, atualmente, a área destinada às vinhas chegam a 60 hectares.

A área conta com recursos naturais ideais para o cultivo, em um microclima onde a natureza e as alterações humanas podem conviver de maneira sustentável, em que o ecossistema e a biodiversidade do terrítorio são cuidadosamente preservados. 

As técninas de vinificação utilizadas são simples e se destinam a melhorar as características originais da uva e preservar os tons especiais adquiridos no terroir. O processo é realizado separadamente e com tempos diferentes para cada variedade e, sem qualquer filtragem, os vinhos são em seguida envelhecidos em barricas novas de Allier e Tonneaux para o Lupicaia e Castello del Terriccio, que são posteriormente reutilizados para Tassinaia.

A cada vinho produzido é dado o tempo ideal de amadurecimento, permitindo que atinja e expresse todo seu potencial e possibilitando amplo espaço para evolução e melhoria. Após o engarrafamento, todos os vinhos tintos são armazenados para envelhecimento entre um e três anos.

O vinho mais emblemático, Lupicaia, é um dos grandes vinhos italianos e, desde 1993, recebeu todos os anos os máximos “tre bicchieri” do Gambero Rosso. É um vinho maravilhoso, combinando finesse, elegância e um aroma rico e muito complexo.

O vinho tinto Castello del Terriccio merece impressionantes elogios de Parker e do Gambero Rosso, que também lhe deu os “tre bicchieri”. É um sedoso, intenso e elegante corte de Syrah. Mourvèdre e Petit Verdot, classificado pelo guia como “overwhelming”. O ótimo Tassinaia, um corte franco-italiano, também é “como sempre excelente, e quase ganhou os ‘tre bicchieri’, segundo o Gambero Rosso de 2004. 

6 produtos

Itens por página
Filtro
Ordenar por