Cavalli

O famoso estilista italiano Roberto Cavalli comprou há vários anos uma propriedade paradisíaca no coração de Chianti — incluindo um pequeno vinhedo muito bem posicionado. Tommaso Cavalli, o talentoso filho do estilista, é quem está à frente do projeto e supervisionou o plantio dos 25 hectares de vinhas, com a ajuda do renomado enólogo Tuscan Carlo Ferrini, cuja equipe tem acompanhado o projeto desde a concepção.

Cavalli Seleção, principal rótulo da casa, é uma mistura das uvas Merlot, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Petit Verdot e Alicante Bouschet, envelhecido em pequenos barris de carvalho por 18 meses, seguido por mais 12 meses em garrafa antes do lançamento. O vinho foi disponibilizado no mercado de duas maneiras: Cavalli Seleção e Cavalli Collection, um engarrafamento especial, limitado a apenas 2.000 garrafas.

Para sua safra de estréia (2004), o rótulo da Seleção Cavalli foi idealizado considerando a textura de pele de leopardo que Roberto Cavalli apresentou em sua coleção Primavera/Verão 1996. Já a versão Cavalli Collection traz o mesmo vinho, porém, envasado em uma garrafa preta avant-garde não marcada, com um emblema "RC" em relevo de bronze.

Por trabalhar com cortes de uvas diversas, o resultado obtido pela mistura é um vinho de altíssima complexidade, estrutura e comprimento, um exuberante supertoscano. A produção da primeira safra foi limitada, com um total de apenas 500 garrafas. Entretanto, a elaboração do vinho tem aumentado de forma constante em cada safra que se segue, permitindo que um número maior de apreciadores tenha contato com esse excelente exemplar.

Ainda na terceira safra, o vinho já foi classificado para a final dos “tre bicchieri” do Gambero Rosso, tendo sido descrito como “encorpado e repleto de notas de fruta” pela Wine Spectator, classificando-o como “Outstanding” todas as safras já produzidas. É mais uma promissora descoberta que a Mistral traz para você em primeira mão, entre alguns dos melhores produtores.