Celler de Capçanes

Capçanes é um vilarejo escondido nas colinas do interior da D.O. Montsant (antiga Terragona, sub-região de Falset). Vizinha do Priorato, a região é fonte de ótimos vinhos e dona de uma longa história relacionada ao crescimento do vinho.

O Celler de Capçanes, ou Adegas de Capçanes, utiliza a cepa Garnacha que, quando de velhas videiras e baixo rendimento, dá origem a grandes vinhos. Apresenta uma extensa e ótima lista de vinhos tintos, inclusive um kosher e um doce. O melhor vinho tinto é o Cabrida, de Garnacha, cujo 1996 foi considerado por Tim Atkin, na Decanter, como o vinho mais prazeroso que bebeu na vida.

Antes da praga Phylloxera, que aconteceu na virada do século XIX, seus vinhedos eram densamente cultivados, mas após a devastação causada por este inseto, apenas cerca de 1/5 das plantações originais foi replantado predominantemente com Garnacha que era a variedade de uva popular na época. Algumas dessas vinhas, com cerca de 100 anos de idade, ainda existem e estão em produção, com os rendimentos baixos.

Em 1933, para competir no mercado do vinho era necessária uma mudança e foi então que as cinco famílias da aldeia se uniram para estabelecer uma Cooperativa que iria manipular grandes quantidades de uvas de forma mais econômica e eficiente. A fundação da Cooperativa levou a uma mudança nas perspectivas comerciais de Capçanes; de repente eles podiam oferecer grandes volumes de vinho a preços competitivos para as vendas a granel.

No entanto, as mudanças reais começaram em 1995, quando a qualidade das uvas começou a melhorar significativamente. O impulso para a mudança surgiu quando a comunidade judaica de Barcelona negociou com a Capçanes a produção de um vinho kosher.

Isso exigiu a instalação de novos equipamentos permitindo aos vinicultores identificar, isolar e vinificar em condições controladas chamada de "Mevushal" (“cozido” em hebraico). O terreno foi estabelecido para a produção não só de vinho kosher, mas também para quantidades limitadas de uma gama de vinhos de frutos de alta qualidade. O vinho Kosher foi um sucesso e o rótulo Flor de Primavera, passou a ter grande reputação entre os mais altos vinhos do mundo.

O desenvolvimento contínuo mostra que Capçanes não só tem a matéria-prima para produzir vinhos de classe mundial, mas também as instalações e os talentos para isso. E, aqui na Mistral, você tem acesso aos melhores exemplares deste e de outros excelentes produtores. Aproveite!