Gerovassilíou

Idealizada por Vangelis Gerovassiliou, a Ktima Gerovassiliou iniciou a fase de cultivo em 1981 em uma propriedade de 2,5 hectares na região Papamola em Epanomi, cerca de 25 quilômetros ao sul-leste da cidade de Thessaloniki, na Grécia. Neste ecossistema único plantou castas estrangeiras, porém a predominância foi de tipos de uva provenientes da região. A primeira vinificação ocorreu em 1986 na moderna adega que foi construída junto à vinha, formada por dois edifícios localizados no coração da vinícola, que atualmente se estende por 62 hectares.

 No Ktima Gerovassiliou a vinha é cultivada com muito cuidado e entusiasmo, que leva Vangelis Gerovassiliou a constantemente pesquisar e experimentar variedades gregas e estrangeiras, cultivadas exclusivamente nos vinhedos da propriedade. Novos avanços tecnológicos combinam bem com a tradição da viticultura e da vinificação, resultando em vinhos de excelente qualidade sem perder as características do microclima da região.

 A área de produção do vinho – especialmente projetada para receber as uvas logo após a colheita – contam com modernos equipamentos que garantem a produção de excelentes exemplares, como prensa pneumática, tanques especiais para a maceração pré-fermentativa de vinhos brancos, tanques de fermentação em aço inoxidável para vinificação de brancos e vermelhos com sistema de refrigeração automatizado e cubas de fermentação de carvalho para tanques de vinificação e estabilização.

Todos os vinhos brancos e tintos são armazenados por um período de tempo significativo nas duas áreas de envelhecimento subterrâneas. É lá que, em condições de temperatura e umidade constantes, são mantidos por um sistema de controle de temperatura automático enquanto envelhecem em barris de carvalho francês. 

 É considerado, ao lado de Gaía, o melhor produtor grego pelo especialista Nico Manessis, da Decanter (e autor do “The Illustrated Greek Wine Book”). É também o único produtor grego, ao lado de Gaía, a merecer as três estrelas de Hugh Johnson, que o classifica em primeiro lugar no país. Foi eleita uma das “100 Melhores Vinícolas do Mundo” pela Wine&Spirits em 2006. O enólogo Evangelos Gerovassilíou é considerado um verdadeiro gênio. Seus vinhos brancos são finíssimos, e o produtor elabora os melhores Assyrtiko do continente, assim como Chardonnay e Sauvignon Blanc de muita elegância. Gerovassilíou resgatou a uva branca Malagousiá. Seus tintos são excelentes e muito refinados, lembrando belos supertoscanos. O Gerovassilíou Red é um corte de Syrah (80%), Merlot (15%), Grenache e uvas experimentais, muito charmoso. O Syrah é extraordinário, de grande profundidade, enquanto o complexo e maravilhoso Avaton é elaborado com as uvas gregas Mavrotraganó, Mavroúdia e Limnió. Todos seus vinhos merecem altas notas de Jancis Robinson.