Passopisciaro

Na Sicília, ao redor do vulcão Etna, Andrea Franchetti cultiva os vinhedos de Passopisciaro, um ambicioso projeto que em poucos anos de atividade já elabora os melhores vinhos da região. Os vinhedos, localizados a 1.000m de altura - entre os mais altos de toda Europa - contam com vinhas muito antigas de Nerello Mascalese. Para Jancis Robinson, trata-se de um vinhos mais distintos de todo o mundo, sendo selecionado como um dos 9 vinhos apontados como “Clássicos para o futuro” pela jornalista. A safra de 2005 foi classificada com 93 pontos por Robert Parker, sendo mais alta nota já concedida a um Nerello Mascalese. O outro tinto da propriedade, denominado “Franchetti”, foi apontado como o melhor vinho da Sicília pela revista de Parker. Elaborado com Petit Verdot e Cesanese D’affile, o tinto mereceu nada menos que 95 pontos em 2005, sua primeira safra! Verdadeiras raridades, que já figuram entre os maiores clássicos da Itália.