Stag’s Leap Wine Cellars

Leap Winery é verdadeiramente um tesouro escondido no aclamado Stags Leap District. Fundada em 1970, trata-se de uma das primeiras vinícolas da Califórnia.

O idealizador da adega, Warren Winiarski, foi introduzido no mundo do vinho quando foi a Itália estudar a obra do autor Nicolau Maquiavel. Após retornar a Chicago, ainda sob influência da vivência no país europeu, começou a produzir seu próprio vinho em casa, de forma artesanal. Posteriormente, mudou-se para Napa Valley com sua família e começou a trabalhar em vinícolas como Chateau Souverain e na Robert Mondavi Winery.

Após a experência nessas adegas, adquiriu um bloco de 44 acres de terra na mesma região e iniciou o cultivo de ameixas, cerejas e nozes, além de uma pequena quantidade das uvas Petite Sirah e Alicante Bouschet, que foram substituidas por Cabernet Sauvignon e Merlot posteriormente.

A primeira safra foi produzida em 1972, em uma adega alugada. Já a segunda safra, em 1973, pode ser feita na em sua própria adega e gerou o primeiro vinho celebrado internacionalmente, com excelentes notas no agora histórico “Julgamento de Paris”, em 1975. Esse exemplar colocou a Califórnia no mapa dos bons vinhos e estabeleceu a Leap Winery como uma superstar global no segmento.

O feito foi reconhecido: uma garrafa de 1973 Leap Wine Cellars Cabernet Sauvignon foi colocada no Museu Nacional Smithsonian de coleta de História Americana, em 1996, como resultado da primeira colocação nesta competição, a fim de refletir o impacto que a conquista teve na indústria do vinho nos Estados Unidos.

O vinho tinto mais emblemático desse produtor é o Cask 23, uma mistura de Cabernet Sauvignon provenientes das vinhas SLV e Fay que originam um exemplar de grande classe e elegância. Seus outros fantásticos Cabernet, o SLV e o Fay, também são extraordinários, com grande concentração e altamente refinados. O Hawk Crest apresenta ótima relação entre qualidade e preço.