Castelão

Presente em áreas de cultivo de Portugal e Espanha, a uva Castelão, também chamada de Periquita, produz vinhos tintos varietais de médio corpo, com cor rubi e sabor que se assemelha a amoras, cerejas e groselha. A casta também é empregada na produção de vinhos rosés e blends variados.

A uva Castelão integra a lista de 250 variedades de uvas portuguesas com merecido destaque por ser a casta tinta mais cultivada em todo o país. Além disso, os vinhos produzidos com a Castelão são alguns dos mais famosos e apreciados do país, depois do icônico Vinho do Porto.

Apesar da grande facilidade para se adaptar a diferentes climas, a uva Castelão melhor se desenvolve em regiões quentes com solo arenoso e seco, um cenário costumeiramente considerado difícil para o plantio de uvas viníferas.

Para se desenvolver em condições climáticas como essas, a uva Castelão possui cachos pequenos, com bagos igualmente pequenos e escuros, e cascas grossas que concentram taninos. Em Portugal, é comum que a Castelão seja acompanhada pela uva Trincadeira ou Aragonês para elaborar vinhos de corte mais suaves e equilibrados.

Os vinhos originados pela uva Castelão podem apresentar aroma de groselha, ameixa em calda e frutos silvestres e, em razão de sua adaptabilidade, a uva participa de combinações variadas de terroir e climas, criando uma rica gama de vinhos distintos, que podem apresentar variados níveis de coloração, acidez e graduação alcoólica, a depender também dos cortes realizados com outras uvas.

Para acompanhar os vinhos portugueses Castelão ótimas harmonizações podem ser criadas com o uso de temperos com ervas aromáticas e condimentos, como peixes, lulas, tomates e pimentões. As variedades mais leves do vinho harmonizam com aves e assados de carne suína, como lombinho e pernil, além de tortas de frango, palmito ou bacalhau.

Na culinária brasileira, esse vinho é melhor apreciado com escondidinhos de carne seca de mandioca. Vinhos elaborados com a uva Castelão são fortes candidatos ao gosto dos apreciadores de vinhos Barbera, Cabernet Franc e Tempranillo.