Champagne

Região de imenso prestígio, Champagne produz os mais famosos e reputados espumantes do mundo. Eles são elaborados através do "méthode champenoise", a partir de uvas Pinot Noir, Chardonnay e Petit Meunier, plantadas no exclusivo terroir da região. Alguns Champagnes podem ser realmente fantásticos — encorpados, estruturados, de grande elegância e complexidade — e, ao contrário do que se pensa, podem envelhecer muito bem.

A região de Champagne é considerada “Patrimônio da Humanidade” pela Unesco. A Organização das Nações Unidas para Cultura, Ciência e Educação elegeu a região com a afirmação de seu comitê de que a área é um excelente exemplo de cultivo de uvas e produção de vinhos desde a época da Idade Média, assim como a região francesa Borgonha, que recebe o mesmo título.

Localizada próxima a Paris, mais especificamente ao leste da cidade luz, a região de Champagne elabora renomados espumantes através do “méthode champenoise”, onde ocorre a produção de gás carbônico pela conversão do açúcar em álcool, causada pelas leveduras adicionadas na segunda fermentação, dentro da própria garrafa.

Com clima frio e influência marítima e continental, onde a temperatura anual não costuma passar dos 19°C, a região francesa de Champagne possui um solo que exige constantes fertilizações por conta do calcário presente, mas, ao mesmo tempo, fornece a umidade ideal para o cultivo das castas específicas para a produção da famosa variedade que leva o nome da região.

A plantação dos vinhedos se dá, em geral, em regiões de colinas, para que as videiras possam aproveitar da melhor forma a incidência da luz solar. Ainda assim, a altitude onde estão localizadas as vinhas não é muito elevada, podendo variar entre 60 até 360 metros.

Alguns dos rótulos de Champagnes são capazes de agradar aos paladares mais exigentes, graças a grande elegância e complexidade que apresentam. Por serem também encorpados e estruturados, os rótulos da bebida reverenciada em todo o mundo e muito utilizada para celebrações e comemorações, podem envelhecer por anos.

Com produção de, aproximadamente, 400 milhões de garrafas de vinho ao ano, a denominação oficial da região é Champagne-Ardenne. Em todo o território que a compõe, são encontradas quatro sub-regiões, conhecidas como Ardennes, Merne, Aube e Haute Marne.

22 produtos

Itens por página
Filtro
Ordenar por