Muscat de Lunel

A uva Muscat de Lunel, popularmente chamada de Muscat Blanc à Petit Grains e Moscato Bianco, é o membro mais antigo da família Muscat, o que destaca sua posição no mundo dos vinhos. Trata-se de uma variedade amplamente cultivada na Europa e em países do Novo Mundo, o que garante uma ampla variedade de sinônimos regionais.

Os vinhos elaborados a partir da Muscat de Lunel podem ter inúmeros estilos e níveis de doçura, de acordo com a própria tradição regional do local onde é produzido. Os varietais secos exibem aromas de frutas cítricas, florais e de especiarias, já os espumantes e os ligeiramente espumantes são doces, enquanto os vinhos de sobremesa são produzidos como vinhos doces naturais.

Na Itália a variedade é conhecida como Moscato Bianco e é cultivada em quase todo o país, constituindo uma parte importante da produção dos vinhos brancos de lá. O mais famoso é o espumante Asti e o frisante Moscato d’Asti, onde vastos volumes são exportados anualmente.

Além de ser uma variedade de uva branca, Muscat de Lunel é o nome também de uma denominação de origem, onde são produzidos os “vin doux naturel”, um estilo de vinho que possui uma elevada quantidade de açúcar natural. Estes vinhos são elaborados a partir de muitas variedades da uva Muscat, principalmente, a Muscat Blanc à Petit Grains ou Muscat de Lunel.

Situada no sul da França, a região de Lunel possui solos compostos por aluvião e pedras redondas, depositadas durante a era glacial responsável pela formação dos Alpes e do Maciço Central – gama de montanhas baixas no centro-sul do país.

O clima de Lunel é do mediterrâneo, responsável por proporcionar as uvas Moscatel verões quentes e longos, a fim de que as variedades desenvolvam melhor seus aromas complexos. Quando atinge seu ápice qualitativo, a uva Muscat de Lunel dá origem a vinhos com notas florais complexas e, muitas vezes, com sabores de mel.