Traminer Aromatico

Traminer é um nome que pode ser usado para se referir a diversas espécies de antigas castas europeias. Historicamente falando, o nome foi usado para descrever a família germânica de variantes da uva Traminer, ou como um sinônimo para um membro-chave da família de uvas conhecida como Gewurztraminer. A história da Traminer é longa e complicada, com diferentes regiões de cultivo tradicionais trazendo diferentes nomes e tradições sobre a casta.

A família Traminer é altamente propensa a mutação, assim como a família Pinot. Várias formas de Traminer proliferaram por toda a Europa e, posteriormente, se espalharam em regiões do Novo Mundo, gerando algumas das mais famosas uvas viníferas do globo; nomes como Cabernet Sauvignon, Merlot e Chenin Blanc são, em última análise, descendentes das variedades Traminer mais antigas.

Em 2000, o famoso enólogo francês Pierre Galet revelou que a Branca Traminer é realmente a mesma uva que a Savagnin Blanc, uva-chave do famoso vin jaune Jura (e que não deve ser confundida jamais com a Sauvignon Blanc).

O nome Traminer vem provavelmente, da palavra Tramin ou Termeno, nome de uma cidade que fica no alto dos Alpes do Alto Adige. Embora nada tenha sido ainda confirmado, alguns pesquisadores concordam que esta uva tenha crescido em torno de Tramin por mais de 500 anos, do século XI ao XVI. Existem relatos de que a Traminer existia também na Alsácia, já no final da Idade Média, embora não haja nenhum relato de como a uva desceu de lá até as montanhas do Vale do Rhine, que atravessa os vinhedos alemães. É mais provável que a Treminer tenha vindo de Pfalz até a Alsácia e depois se espalhado Alemanha adentro. O que não se sabe ao certo é se ela fez esse caminho sozinha ou com a ajuda do homem.

As cores e sabores dos vinhos Traminer variam consideravelmente, dependendo de qual sub-região pertencem. O exemplo mais famoso é, sem dúvida, o vinho Gewurztraminer. Já o menos conhecido é o Roter Traminer rosado intenso de pele (também conhecido como Red Traminer, Savagnin Rosé e Klevener de Heiligenstein), que produz vinhos brancos sempre intensamente aromáticos e, às vezes, com um tom rosado suave.

Sinônimos incluem: Savagnin, Auvergne Branco, Branco Bom, Forman, Fromenteau, Gentile Branco Schleitheimer, Ryvola Bila.