Welschriesling

Acredita-se que a uva Welschriesling é originária da Croácia, país onde a variedade é amplamente cultivada e reúne elevado prestígio, sendo empregada na elaboração de vinhos secos e doces de grande sucesso.

Os vinhos secos elaborados com a uva Welschriesling podem ser degustados como vinhos de meditação, mas também são excelentes opções para acompanhar pratos que contenham frutos do mar. Por outro lado, os vinhos doces produzidos com a Welschriesling destacam-se pela acidez marcante, que pode ser combinada com sobremesas a base de limão.

Além da Croácia, onde a uva dá origem a vinhos exuberantes com mineralidade marcante, a Welschriesling é amplamente utilizada na produção vitivinícola austríaca, uma vez que a uva é frequentemente atacada pelo fungo “Botrytis Cinerea” durante a maturação, perdendo líquido e ganhando maior concentração de açúcar residual. Esses vinhos austríacos atacados pela podridão nobre são alguns dos mais reputados rótulos de todo o mundo.

Apesar da uva Welschriesling possuir amadurecimento tardio, a fruta tem fácil cultivo e rápido crescimento. Além dos excelentes vinhos secos, essa variedade de uva com alta acidez dá origem a ótimos vinhos espumantes e aos famosos vinhos de sobremesa austríacos. Com coloração verde amarelada, a Welschriesling possui cachos de comprimento médio e seus bagos possuem formato arredondado e pele fina.

Seu nome, Welschriesling, é uma união de duas palavras, Riesling e Welsch, a primeira é a uva mais emblemática da Alemanha, enquanto a palavra Welsch significa estrangeiro. Portanto, o nome Welschriesling foi dado a esse tipo de uva pelos alemães devido à semelhança que apresenta com a uva Riesling e também por seu cultivo ser realizado, com maior frequência, por povos estrangeiros.

Além disso, a Welschriesling pode ser encontrada com o nome de Grasica, Riesling Itálico, Laski Risling, Grasevina e Talijanski Rizling. Esse tipo de uva é cultivado, predominantemente, na Europa, em países como a Itália, Romênia, Hungria e Eslovênia, mas pode ser encontrada também em vinhedos brasileiros e chineses.