Licor

O Licor é uma bebida com mais de 30g/ litro de açúcar, ao menos 15,54% de teor alcóolico e que pode ser elaborada com frutas, ervas, especiarias e até mesmo essências. Não existem registros de seu surgimento, entretanto, sabe-se que se trata de uma bebida muito antiga, uma vez que foram encontradas receitas de licores nas tumbas dos faraós na época do Antigo Egito.

Apesar de hoje ser uma ótima alternativa para bebericar e ser degustado como aperitivo, nas épocas mais remotas o Licor era uma espécie de digestivo e possuía até fins medicinais, uma vez que era bastante utilizado para curar dores de estômago. A bebida era usada até mesmo como uma espécie de anestésico durante o trabalho de parto na Itália, pois os italianos da época acreditavam que o álcool presente no Licor seria capaz de aliviar a dor da grávida no momento do parto.

Apesar de ser utilizado na época medieval pelos cozinheiros dos palácios para amenizar as más condições das carnes que não possuíam o armazenamento correto, o Licor, após alguns séculos, teve o seu uso totalmente modificado, sendo usado atualmente como aperitivo e, principalmente, como finalização de uma refeição e degustado após a sobremesa.

O processo da elaboração da bebida pode variar de acordo com o ingrediente principal utilizado, sendo os exemplares a base de fruta, por maceração e os originados a base de sementes, por destilação. Já no caso dos licores que levam essências, há somente a mistura do álcool com o xarope. Entretanto, as variedades de Licor que levam chocolate, cacau ou apresentam como característica principal a cremosidade, não conseguem passar pelo processo de infusão, passando então, pelo método de fabricação conhecido como “por essência”.

De todos os tipos de licores produzidos, os que apresentam menor qualidade são os que levam essência na elaboração, já os mais cultuados e apreciados pelo mundo são aqueles que possuem maceração e destilação no seu processo de fabricação.

Uma característica bastante presente no Licor é a elevada graduação alcóolica e a presença de açúcar, isso ocorre por conta do equilíbrio necessário dos dois fatores para um resulto final primoroso. Quanto mais alcóolica a bebida for, maior presença de açúcar ela terá.