Barba

Uma das mais históricas e tradicionais vinícolas de Abruzzo, Fratelli Barba se alçou, segundo o guia Gambero Rosso, ao mais alto ponto de qualidade desta emergente região italiana, produzindo vinhos que estão sempre “entre os melhores que se pode encontrar no Abruzzo”, nas palavras do guia mais respeitado da península.

Em sua edição de 2010, o Gambero Rosso coroou nada menos que dois vinhos da cantina com os “Tre Bicchieri”, além de conceder a estrela especial de excelente relação qualidade e preço a ambos os vinhos tintos premiados.

Localizada na “Região Verde da Europa”, a vinícola Fratelli Barba é favorecida por um clima ameno e ensolarado, com dias longos e noites frias. O inverno sofre influência do mar Adriático que se encontra próximo da região, e a temperatura média anual fica entre 12 e 16ºC, com boa precipitação e ventilação, propiciando condições excelentes para que as vinhas atinjam seu ápice qualitativo.

Os vinhedos de Barba são distribuídos por 68 hectares, incluídos em uma das áreas mais frutíferas do território: Colli Morino, Casal Thaulero e Vignafranca, todas pertencentes à DOC Montepulciano e Trebbiano d’Abruzzo e a DOCG Colline Teramane. O número de linhagens encontrados nos vinhedos varia entre 4.000 e 6.500 por hectare, permitindo ao produtor reduzir a produção por planta e resultar em uma maior qualidade das uvas.

O enólogo por trás dos vinhos é o aclamado Stefano Chioccioli, que conta com a impressionante marca de 46 “Tre Bicchieri” acumulados em seu currículo. Provenientes de vinhedos de alta densidade e rendimentos reduzidos, são vinhos cheios de caráter, com taninos deliciosamente maduros e uma saborosa presença no palato.

O Vignafranca é, sem dúvida, uma das maiores expressões da uva Montepulciano — “um vinho ambicioso e repleto de aromas exuberantes”, segundo o Gambero Rosso, que classificou a safra de 2006 com os máximos “Tre Bicchieri”. O Vasari, por sua vez, logo em sua safra inaugural já foi classificado para a final dos “Tre Bicchieri”, e é sem dúvida uma das maiores pechinchas entre os vinhos europeus. Perfeitas companhias para a mesa, são vinhos fáceis de gostar, que dificilmente irão sobrar na garrafa ao final da refeição. São belos achados!