Librandi

Uma das mais tradicionais e históricas vinícolas da região da Calabria, Librandi elabora vinhos típicos e saborosos, com grande apelo regional, perfeitos para acompanhar comida.

Nicolas Belfrage, o Master of Wine especialista em vinhos italianos, considera Librandi como uma das 10 vinícolas que produzem vinhos de melhor relação qualidade/preço de todo centro e sul da Itália, incluindo regiões como Toscana e Sicília.

Librandi aparece nada menos que 9 vezes no guia Berebene do Gambero Rosso – uma seleção das maiores barganhas da Itália – recebendo 2 “Oscar” de melhor compra. Segundo o Oxford Companion to Wine, editado por Jancis Robinson, Librandi é “o melhor e mais importante produtor de Cirò”, uma denominação de origem controlada (DOC) localizada no extremo sul da Itália, onde a uva autóctone Gaglioppo origina os ótimos Cirò Rosso e Cirò Rosato, e a Grecco bianco é matéria-prima para o fresco e aromático Cirò bianco.

Já o ótimo vinho Duca Sanfelice é um ótimo Cirò Riserva, bastante rico e concentrado, enquanto o Rosso Gravello é um grande vinho, um corte de Gaglioppo (60%) e Cabernet Sauvignon (40%), com bastante personalidade.

Criada em 1950 por Nicodemo e Antonio Librandi, a adega Librandi é uma empresa moderna e, atualmente, é comandada por Nicodemo, seus dois filhos – Paolo e Raffaele –, seu sobrinho Francesco e sua sobrinha Teresa. Hoje em dia, todos permanecem fiéis as tradições passadas de geração em geração, dando origem a vinhos da mais alta qualidade.

Librandi está localizada em Ciro Marina, uma pequena província na região italiana da Calábria, na costa do mar Jônio. O solo desta área vinícola é naturalmente adequado para o cultivo exitoso de uvas, bem como a posição geográfica – entre o mar e as montanhas Sila – garantindo que as vinhas desfrutem de um excelente equilíbrio entre as temperaturas diurnas e noturnas.

Além de vinhos, a família Librandi dá origem a excelentes azeites, onde, com um total de 890 acres, 573 são destinados ao plantio de vinhas, enquanto no restante ocorre o cultivo de oliveiras. Nos vinhedos encontram-se castas locais – como a uva Gaglioppo, Mantonico e Magliocco –, bem como o cultivo de uvas internacionais. Além disso, a vinícola italiana também destina uma parcela de sua terra com o cultivo de antigas variedades locais.