Macán (Vega Sicilia & Ch Lafite Rothschild)

O que se pode esperar de um empreendimento conjunto entre o Château Lafite-Rothschild e Vega Sicília, duas das mais extraordinárias vinícolas de todo o mundo? Macán é simplesmente "o projeto mais aguardado dos últimos anos”, nas palavras do crítico Robert Parker e sua revista The Wine Advocate.

Após mais de uma década de pesquisa desde que, no início de 2000, decidiram formar esta joint venture, estas duas veneráveis vinícolas finalmente fundaram em 2009 a Bodega Benjamin de Rothschild & Vega Sicília. O objetivo é elaborar vinhos que resgatem a elegância dos Rioja das décadas de 1960 e 1970, conservando sua pureza e precisão, mas sem a opulência encontrada nos Rioja mais modernos.

Com a ajuda do expert Fernando Remírez de Ganuza, os parceiros compraram vinhedos de excelente localização, com plantas antigas e de baixos rendimentos — incluindo alguns plantados em 1920! Quatro safras experimentais foram vinificadas e o vinho foi lançado ao mercado somente após ter maturado mais de três anos em garrafa — quando estava, enfim, pronto para ser vendido, bem ao estilo de Vega Sicília.

Resultado entre uma parceria de duas grandes vinícolas, entre Pablo Alvarez e Benjamin de Rothschild em 2003. Naquela época, Benjamin estava à procura de ajuda para investir e produzir vinhos na Espanha, então, Pablo concordou em tornar-se um parceiro no novo empreendimento.

A região escolhida foi Rioja, onde ambos reconheceram o grande potencial – ainda inexplorado – da área, admirando muitos dos vinhos produzidos lá. Após alguns anos, os dois compraram vinhas nos melhores locais de Rioja, produzindo dois vinhos ícones da casa, no estilo clássico de Bordeaux – Macán e Macán Clásico.

A filosofia de Macán é produzir vinhos que reflitam as particularidades do lugar. O Macán é, simplesmente, o projeto mais esperado dos últimos anos, segundo Robert Parker. Trata-se de um vinho tinto elaborado com a uva Tempranillo que, logo na primeira safra, recebeu 93 pontos do crítico, com o comentário “limpo, potente e moderno”.