Loire

O Loire produz alguns vinhos brancos de grande charme, harmonizando-se perfeitamente com peixes e frutos do mar. Para muitos, a uva Sauvignon Blanc atinge aqui seu auge, nas denominações de Pouilly-Fumé e Sancerre. O Vouvray, o Savennières e o Muscadet também são vinhos saborosos e de um frescor irresistível. Os exemplares tintos, como o Chinon, normalmente são elaborados com a uva Cabernet Franc e são cheios de fruta.

Acredita-se que as primeiras vinhas cultivadas na região do Loire foram trazidas pelos romanos há pelo menos 2.000 anos. Posteriormente, os monges tornaram-se responsáveis por cuidar dos vinhedos e mapear as áreas mais propícias para o cultivo das uvas dentro do território do Loire.

Próximo as margens do Rio Loire, afluente responsável pelo nome da região, o comércio e exportação de vinhos da área foi facilitado pois, em épocas mais remotas, outros povos conseguiam chegar ao norte da França pelo fácil acesso do rio às rotas internacionais.

O país responsável por impulsionar a comercialização de vinhos da região foi a Inglaterra, já que o Conde de Anjou casou-se com Eleanor de Aquitaine, possibilitando que os vinhos do Loire fossem sempre servidos em grandes comemorações para a nobreza inglesa, incluindo o rei.

O sucesso da região expandia-se em ritmo acelerado, até a ocorrência da Revolução Francesa, que prejudicou a elaboração de vinhos do Loire. Quando a área vinícola francesa começou a se reerguer, seus vinhedos foram acometidos pela filoxera, praga que assolou toda a Europa.

Passado esse tempo, a região se reergueu e vem conquistando cada vez mais os conhecedores do mundo do vinho. O Loire é conhecido pela elaboração de vinhos brancos muito charmosos, dentre os quais os mais conhecidos são o Muscadet, elaborado com a mesma uva que o nomeia e o Sancerre, originado a partir da uva Sauvignon Blanc. Já o vinho Pouilly-Fumé, também produzido com a uva branca Sauvignon Blanc, diferencia-se do Sancerre por apresentar um caráter mais fino.

Por possuir um clima mais frio, as uvas cultivadas nos vinhedos da região do Loire amadurecem menos do que em outras regiões, sendo responsáveis por vinhos tintos mais leves e menos encorpados do que os elaborados em outras áreas vinícolas francesas importantes, como Bordeaux e Rhône, por exemplo.

A uva tinta de maior destaque da região é a cepa Cabernet Franc, muito utilizada na elaboração de vinhos tintos conhecidos como o Chinon, Touraine e o Anjou. Essa uva é responsável também pela produção de famosos vinhos rosés, como o seco Cabernet d’Anjou e o levemente adocicado, Rosé d’Anjou.

49 produtos

Itens por página
Filtro
Ordenar por