Cinsaut

A uva Cinsaut é originária de uma das mais famosas regiões vinícolas do sul da França, Languedoc-Roussillon, onde é amplamente cultivada. Os vinhos elaborados a partir dessa variedade de uva são frutados, com aromas agradáveis, coloração vermelha atraente e poucos taninos.

No século XX, com o cruzamento da Cinsaut e da Pinot Noir, uma das mais reconhecidas uvas sul-africanas foi originada, a Pinotage, que hoje é mais cultivada que a Cinsaut na região do Cabo Ocidental, no sudoeste da África do Sul.

Na França, a Cinsaut está presente em diversos vinhos que possuem o selo de Denominação de Origem Controlada, incluindo Côtes-du-Rhone, Châteauneuf-du-Pape, Bandol, Cassis e Tavel. Normalmente, a uva é utilizada em cortes com a Grenache, Mourvèdre, Carignan e Syrah, oferecendo leveza, suavidade, aroma e flexibilidade aos exemplares.

Fora do seu país de origem, a uva Cinsaut é bastante conhecida no mundo do vinho e tem, oficialmente, 102 denominações diferentes, como Ottavianello, seu nome popular italiano, ou Hermitage, como é conhecida na África. Já na Califórnia, a Cinsaut é chamada de Black Malvoisie.

Com facilidade para se adaptar e prosperar em regiões de climas mais quentes, a uva Cinsaut se desenvolve de forma excelente nessas áreas. Suas videiras são conhecidas pela alta capacidade de rendimento, cerca de 6 toneladas por hectare a cada colheita. Se comparada às demais variedades de uva, a Cinsaut apresenta o dobro do rendimento da Pinot Noir, por exemplo.

Apesar de seu elevado potencial, os vinhos mais distintos elaborados a partir da Cinsaut são provenientes de vinhedos com menor rendimento. Ao limitar a produção e o rendimento dessa variedade de uva, os produtores conseguem elaborar maravilhosos vinhos, encorpados, exuberantes, ricos e de grande personalidade.

Além de vinhos tintos elegantes, a Cinsaut elabora também rosés delicados e frutados. Os exemplares são harmonizados bem com pratos da cozinha mediterrânea, especialmente, os que contêm azeite de oliva. Além disso, peixes, frutos do mar, carnes temperadas com alecrim e legumes marinados combinam-se muito bem com vinhos da Cinsaut.