Gros Manseng

A Gros Manseng é uma das principais uvas brancas cultivada em Juraçon, região localizada no sudoeste da França. Essa variedade de uva é tradicionalmente associada a elaboração de vinhos doces, no entanto, atualmente a Gros Manseng é utilizada também na produção de vinhos secos, extremamente aromáticos e com nítidos sabores.

Possuindo pele grossa, elevado nível de açúcar e de acidez, essa variedade é excelente para a produção de vinhos doces – conforme o tempo de permanência da uva na videira aumenta, ocorre o desenvolvimento elevado da doçura, responsável por manter a acidez da fruta, além da casca grossa contribuir para a proteção da uva.

Apesar de ainda existir alguns vinhos elaborados com a uva Gros Manseng colhida tardiamente, tais exemplares estão sendo substituídos por versões secas, produzidos a partir de uvas colhidas antes que o período de maturação completa seja alcançado. Estes vinhos são caracterizados pela marcante acidez e aromas florais que possuem.

Dando origem, principalmente, a vinhos varietais, a uva Gros Manseng participa também de blends com a casta internacional Sauvignon Blanc e a uva local Petit Manseng, outra variedade de elevada importância para o cenário vinícola de Juraçon.

A uva Petit Manseng e a Gros Manseng compartilham da mesma nomenclatura que a distinguem apenas pelo tamanho dos bagos. Isto é, “gros” e “petit” significam “grandes” e “pequenos”, respectivamente. A variedade Gros Manseng é cultivada em maior volume do que a uva Petit Manseng e normalmente, a Gros é utilizada na produção de vinhos secos, enquanto e Petit dá origem a bons vinhos doces.

A uva Gros Manseng não é cultivada em muitas regiões vinícolas além do sudoeste da França, no entanto, fora de Jurançon a variedade é permitida a participar dos vinhos brancos de Pacherenc du Vic-Bilh e Bearn, além de ser utilizada com alta frequência nos vinhos IGP Cotes de Gasgogne.