Petit Manseng

A uva branca Petit Manseng pode ser encontrada em regiões do sudoeste da França, assim como em vinhedos na Austrália, Estados Unidos e Espanha. A Petit Manseng tem ganhado um destaque cada vez maior entre os produtores de vinhos varietais, desde Languedoc até as vinícolas californianas.

Da mesma forma, produz excelentes vinhos de corte, onde a uva Gros Manseng é a variedade mais utilizada em blend com a Petit Manseng. Ao contrário do que sugere a similaridade de seus nomes, são castas distintas que originam vinhos com estilos bastante diferentes entre si. Por isso, recebem um grande valor de complementaridade, produzindo rótulos muito interessantes.

Extremamente aromática, a uva Petit Manseng produz vinhos com notas frutadas e de canela. Para uma boa harmonização com os vinhos secos que produz, recomendam-se pratos que contenham camarão e temperos fortes. Já para apreciar os vinhos de sobremesa trabalhados com esta casta, são sugeridos pratos como tortas de fruta, privilegiando o damasco, queijo de leite de ovelha, queijos azuis e, até mesmo, lichias doces com leite de coco.

A uva Petit Manseng  tem cachos pequenos e frouxos que possuem bagos igualmente pequenos e com pele grossa. Tais peculiaridades proporcionam o perfeito amadurecimento das uvas e possibilitam a colheita tardia sem o risco de podridão indesejada. Essa variedade de uva acumula maiores quantidades de açúcar e tem acidez elevada, combinação ideal para a produção de vinhos de sobremesa equilibrados e frescos.

Apresentando brotamento precoce, a uva Petit Manseng requer tempo para maturar. Essa maturação demorada permite que a fruta desenvolva sua excelente concentração de açúcar, com a evaporação do líquido dentro dos próprios bagos, processo conhecido como “Passerillage” – quando as uvas secam na videira – este é um dos principais métodos utilizados para a produção de vinhos doces.

A denominação de origem mais famosa que leva a uva Petit Manseng é a Juraçon, na França, onde o envelhecimento do vinho acontece em barris de carvalho originando vinhos mais complexos e picantes.