Xarel-Lo

A uva de pele clara Xarel-lo é uma variedade típica e amplamente cultivada na região da Catalunha, nordeste da Espanha. A Xarel-lo é utilizada na produção de diversos estilos de vinho, no entanto, é conhecida principalmente por participar da composição dos famosos espumantes Cava, ao lado das uvas Macabeo e Parellada.

Adicionando excelente acidez aos vinhos que dá origem, a Xarel-lo é altamente valorizada pelos produtores, se destacando como uma das melhores uvas espanholas. Com pele grossa, essa variedade é rica em polifenóis e possui ótimo equilíbrio entre seus ácidos e açúcares, tornando-se a grande responsável pela alta capacidade de envelhecimento dos tradicionais vinhos espumantes Cava. Segundo pesquisas do departamento de enologia da UC Davis e do departamento de farmacologia da Universidade de Barcelona, ela também é fonte abundante de resveratrol, um potente antioxidante natural.

As vinhas da Xarel-lo se adaptam facilmente a solos com diferentes tipos de composição e são capazes de tolerar uma ampla gama de climas, produzindo frutos de tamanho médio e apresentando um tempo de amadurecimento razoável, o que as tornam extremamente populares entre diversos produtores. Embora a uva Xarel-lo seja famosa pela elaboração de bons vinhos espumantes, essa variedade também é utilizada na produção de vinhos de mesa seco, principalmente, nas redondezas da cidade de Alella, que fica a alguns quilômetros da cidade de Barcelona.

O vinho Cava, um dos espumantes mais famosos do mundo, é elaborado a partir da uva Xarel-lo, Parellada e Macabeo, especialmente na Catalunha, com o método champenoise ou tradicional, utilizado também na produção dos prestigiados Champagne. A região espanhola da Catalunha é responsável por elaborar, cerca de, 95% da produção total dos espumantes Cava, exemplares que harmonizam muito bem com pratos que contenham frutos do mar.

Além disso, é possível encontrar uma variante tinta da uva Xarel-lo conhecida como Xarel-lo Rosada ou Pansa Rosada. No entanto, as vinhas da casta Xarel-lo Rosada são cultivadas apenas em áreas costeiras cada vez menores ao redor de Alella