Frete grátis para todo o Brasil a partir de 99 reais.

Parcele em até 6x Sem Juros. Parcela mínima de 99 reais.

Produto adicionado à sacola

Gaja

Gaja é simplesmente o maior nome da Itália, um gênio responsável por revolucionar completamente o panorama do vinho italiano nos últimos 40 anos. Todos são vinhos de uma estirpe inigualável e personalidade única.

 

Eleito várias vezes “Homem do Ano” por revistas como a Decanter e a Wine Spectator, Angelo Gaja é o maior colecionador de “tre bicchieri” do Gambero Rosso, além de ser o único a merecer as “cinque stelle” do guia pelos mais de 50 “tre bicchieri” acumulados, que o classifica em primeiro lugar isolado na Itália.

 

Seu sublime Barbaresco é um dos mais emblemáticos vinhos italianos, um verdadeiro ícone. Os celebrados Sperss e Conteisa, elborados uvas de vinhedo único da região de dois dos melhores terroirs de Barolo, esbanjam classe e muita complexidade. O Darmagi é um super Cabernet Sauvignon, muito fino e elegante, de personalidade bem italiana.

 

O Sito Moresco é um delicioso e classudo corte de Nebbiolo, Merlot, Barbera, e Cabernet Sauvignon. Os vinhos brancos também são todos excelentes, de muita elegância e finesse, em especial, o majestoso Gaia&Rey, que compete com os mais grandiosos brancos do mundo elaborados com a uva Chardonnay. O poderoso e encorpado Barolo Dagromis é elaborado com uvas de dois vinhedos únicos em La Morra e Serralunga.

 

A história da vinícola italiana Gaja tem início há mais de 150 anos, época em que Giovanni Gaja abriu um pequeno restaurante em Barbaresco e, para complementar a comida, começou a produzir e servir também vinhos. Desse modo, em 1859, Giovanni fundou a vinícola, produzindo alguns dos primeiros vinhos de Piemonte a serem engarrafados e vendidos para fora.

 

O objetivo principal de Giovanni Gaja sempre foi o de produzir vinhos italianos originais e autênticos – produtos artesanais que refletissem a tradição e a cultura de quem os produziu. Com o trabalho minucioso da família, o prestígio dos vinhos de Barbaresco atingiu seu ponto máximo, gozando hoje do mesmo prestígio dos vinhos da comuna vizinha de Barolo. Desde então, a vinícola familiar tem sido gerenciada e moldada pelas demais gerações da família Gaja e, sob a batuta de Angelo Gaja, os vinhos do Piemonte e da Itália atingiram o mesmo patamar dos maiores vinhos do mundo.

 

Todos os vinhos de Gaja são dotados de uma elegância e finesse que, aliadas a um toque tipicamente italiano, são a assinatura dos tintos e brancos elaborados na propriedade. Os vinhedos do Piemonte, de área limitada, deixam a pequena produção destes vinhos “colecionáveis”, ainda mais disputada. Para atender a imensa procura por estas verdadeiras jóias do vinho italiano e realizar um sonho pessoal de Angelo Gaja, a família adquiriu nos anos 1990 duas excepcionais propriedades na Toscana: Pieve de Santa Restituta, em Montalcino, e Ca’Marcanda, em Bolgheri.