Castello di Ama

O produtor Castelo di Ama é um dos maiores clássicos da Toscana, com seus vinhos elegantes, finos e complexos. Merece a cotação máxima de Parker e “due stelle” do Gambero Rosso, por seus 23 “tre bicchieri”, é uma das melhores qualificações em toda a Itália. Esta paixão pela Toscana e pelos vinhos de Chianti levaram o produtor Castello di Ama a obter resultados impressionantes, sendo quase um sinônimo de grande Chianti Classico.

Segundo o guia Gambero Rosso, “entre as vinícolas mais confiáveis e significativas de todo o universo de Chianti Classico, Castello di Ama oferece todos os anos e sempre, produtos de um caráter extraordinário, fortemente radicados no terroir de onde nascem”.

Robert Parker concedeu nada menos que 96 pontos aos dois prestigiosos Chianti Classico de vinhedo único – Bellavista e Casuccia em 2006 e 2007 – a mais alta nota já concedida pelo crítico a um Chianti Classico.

O Gambero Rosso resume o prestígio deste incomparável produtor em poucas palavras: “se tivéssemos que dizer qual foi o produtor na Itália que, nos últimos cinco anos, mais nos impressionou pela consistência nos vinhos de mais alto nível, talvez não pudéssemos deixar de indicar o Castello di Ama. Ninguém se saiu melhor do que eles nos últimos anos”. Marco Pallanti, que já foi eleito o “Enólogo do Ano” pelo guia Gambero Rosso, é o atual presidente do Consorzio del Marchio Storico Chianti Classico.

Castelo di Ama é composto por quatro diferentes áreas de cultivo, todas localizadas a altitudes entre 450 e 550 metros. A maior delas chama-se Vigneto Bellavista, possuindo mais de 23 hectares e solos compostos predominantemente por argila rochosa e calcário. Nela, são produzidos os prestigiosos Chianti Classico Cru Vigneto Bellavista, cuja elaboração só acontece em anos espetaculares, assim como o tradicional vinho L'Apparita.

A área chamada de Vigneto La Casuccia ocupa cerca de 18,5 hectares com solos ricos em argila e uma pequena quantidade de seixo e cascalho. Uvas cuidadosamente selecionadas são cultivadas nesta propriedade e são responsáveis por produzir o prestigioso Vigneto La Casuccia, outro Chianti Classico Cru.

Em Vignet San Lorenzo, área que ocupa cerca de 19 hectares, os solos são compostos por calcário com uma leve quantidade de xisto. Já Vigneto Montebuoni é a menor área de cultivo do produtor Castelo di Ama, e também a mais recente propriedade, comprada em 1997. Com pouco mais de 14 hectares, apresenta solos variados, ricos em argila nas partes mais baixas e com forte presença de calcário e encostas pedregosas nas áreas mais altas.

21 produtos

Itens por página
Filtro
Ordenar por