Auxerrois

Auxerrois é uma variedade de uva branca também conhecida ao redor do mundo como Pinot Auxerrois ou Auxerrois Blanc. Cultivada amplamente na Alsácia, a Auxerrois dá origem a bons vinhos varietais, além de participar de cortes, especialmente, ao lado da uva Pinot Blanc.

Fora da França, a uva Auxerrois é cultivada em regiões da Alemanha, Holanda, Canadá, Áustria e Itália, bem como em áreas vinícolas da América do Norte e na África do Sul. No entanto, a variedade é típica da Alsácia, especialmente, no norte da região, graças ao clima frio, responsável pela obtenção de bons níveis de doçura da uva.

Ainda são cultivadas pequenas plantações da uva Auxerrois no Vale do Loire e em Luxemburgo, onde seu maior êxito é atingir baixa acidez. Essa variedade ocupa mais de 2 mil hectares na França e, aproximadamente, 6 mil hectares na Alsácia, tornando-se uma casta mais popular do que a famosa Pinot Blanc.

No entanto, pelos rendimentos da uva Auxerrois serem controlados, a variedade produz vinhos de excelente qualidade, com abundância de sabores cítricos e aromas complexos e, à medida que tais exemplares envelhecem, assumem sabores de mel e coloração profunda. Outros vinhos elaborados a partir da Auxerrois apresentam caráter vegetal e baixo nível de intensidade, com estilos seco ou meio seco.

Essa variedade de uva é utilizada na produção dos famosos vinhos espumantes Crémant d’Alsace, ao lado da casta Pinot Blanc. Nos vinhos, a Auxerrois dá origem a exemplares encorpados e menos nítidos do que a Pinot Blanc, o que torna propicio a elaboração de blends com ambas – o mais tradicional desse estilo são os vinhos Edelzwicker.

A prestigiada vinícola francesa Château de Cayx, localizada em Cahors, utiliza a uva Auxerrois na elaboração do excelente vinho Château de Cayx, ao lado das castas Merlot e Tannat. Revelando uma complexidade singular e aromas delicados de frutas vermelhas no paladar, esse vinho tinto harmoniza-se perfeitamente com queijos e carnes em geral, com sugestão de guarda entre 5 e 10 anos.