Mencía

A uva Mencía é uma variedade tinta nativa do noroeste da Espanha. Trata-se de uma casta comumente associada aos vinhos tintos de Bierzo, que antigamente eram leves e adstringentes, mas nos dias de hoje, desde a descoberta das vinhas de baixo rendimento cultivadas em solos pobres nas altas colinas, tais exemplares tornaram-se mais intensos e concentrados, chamando a atenção do mundo do vinho. Os vinhos elaborados a partir da uva Mencía tendem a exibir um caráter mais terroso e vegetal, com algumas nuances e complexa mineralidade.

O papel da Mencía como uma simples variedade de uva utilizada na produção de vinhos de mesa simples tem sido contestado com o decorrer dos anos, especialmente, pelo tradicional e renomado produtor Álvaro Palácios, um dos pioneiros na região do Priorat, na Catalunha.

As antigas vinhas e o excelente terroir de Bierzo tem se mostrado útil para aumente a qualidade dos vinhos Mencía, além de ser ajudado pelas novas técnicas vitivinícola e atenção extra na adega. Os vinhos elaborados com essa variedade são mais propensos a apresentarem uma fresca acidez e bons taninos, com sabores de frutas escuras e herbáceos.

As vinhas da Mencía são exigentes e apresentam uma tendência para a baixa produtividade, tornando-se desafiadora para alguns produtores. Além disso, estas vinhas são propensas ao fungo Botritys cinerea e ao mofo, perdendo sua acidez natural rapidamente senão for colhida na época correta.

Acredita-se que a uva Mencía tenha algum grau de parentesco com a Cabernet Franc. No entanto, após a realização de alguns testes de DNA modernos, esta teoria tem sido refutada, onde descobriu-se que a Mencía é, na verdade, geneticamente idêntica a uva portuguesa Jaén. Esta descoberta gerou incertezas sobre o verdadeiro lar da variedade: enquanto a maioria dos estudos apontam como Bierzo, a Mencía poderia também ter sido levada de lá para o Dão.

3 produtos

Itens por página
Filtro
Ordenar por