Rhône

Uma das grandes regiões francesas, o Vale do Rhône, destaca-se por produzir vinhos tintos e brancos de altíssima qualidade e muita personalidade. Os melhores tintos estão entre os grandes vinhos do mundo, e são encorpados, potentes e complexos. Os do Norte, como Côte-Rotie, Hermitage, Saint-Joseph, Crozes-Hermitage, entre outros, são belas expressões da uva Syrah, enquanto os vinhos do Sul, Châteauneuf-du-Pape, Gigondas, Côtes-du-Rhône, são elaborados com uma ampla variedade de castas, entre as quais, a uva Grenache tem um papel importante na reputação da região.

Os vinhos mais simples, como o Côtes-du-Rhône, são muito saborosos, com bom corpo e ótima fruta. Já os vinhos brancos, como os ótimos Hermitage blanc e Condrieu, também são excelentes, embora sejam injustamente subestimados. Esses vinhos são encorpados e potentes, muito característicos e, no caso do Condrieu, único. Na região do Rhône é especialmente importante prestar atenção ao nome do produtor.

O nome da região é derivado do rio Rhône, um dos principais afluentes de todo o continente europeu. O Vale do Rhône é dividido em três regiões, nas quais é possível encontrar uma grande variedade de tipos de uva e métodos de produção.

O Rhône do Norte, conhecido pelos franceses como Rhône setentrional, conta com a produção de, aproximadamente, 5% de todos os rótulos produzidos no Vale. Entre as castas de maior destaque cultivadas nessa sub-região, figuram as uvas Viognier, Marsanne e Roussane. Os vinhos elaborados a partir da uva Syrah nativa são considerados os melhores rótulos Syrah do mundo, graças a sua elegância e ao caráter picante que exprime no paladar.

Já o Rhône do Sul, outra sub-região do Vale do Rhône, chamada também de Rhône meridional, produz os 95% dos rótulos restantes. Nessa sub-região, os tipos de uva que fazem maior sucesso são as castas Syrah, Mourvédre e Grenache.

O Vale do Rhône tem ainda uma terceira sub-região, o Distrito de Die, ao leste, próximo dos Alpes franceses. Nessa área são produzidos os ótimos vinhos espumantes conhecidos como Clairette de Die e Cremant de Die, além de excelentes vinhos brancos, como o Muscat de Beaumes-de-Venise.

Mas o Distrito de Die não é a única sub-região a produzir bons vinhos brancos em Rhône, ao Norte os vinhos Condrieu fazem bastante sucesso, são ricos, aromáticos e secos, além de apresentarem um importante toque floral.

116 produtos

Itens por página
Filtro
Ordenar por