Quinta do Perdigão

Desde 1999 a Quinta do Perdigão é a vinícola mais laureada da região do Dão e a grande estrela do chamado “Novo Dão”, em Portugal. Trata-se de uma pequena adega familiar que se preocupa em respeitar a natureza e em elaborar vinhos de qualidade superior em pouca quantidade. Além disso, Quinta do Perdigão está situada 165 metros acima do leito rio, que está a 200 metros de altitude, e dá nome à região mais ancestral de vinhos tranquilos de Portugal.

Com seus cativantes vinhos tintos, Quinta do Perdigão venceu por vários anos consecutivos o importante concurso regional, merecendo o prêmio máximo entre “Os Melhores Vinhos do Dão no Produtor”, competição organizada pela Comissão Vitivinícola do Dão.

O Touriga Nacional é o mais disputado vinho da Quinta do Perdigão. A impressionante lista de prêmios deste vinho inclui o título de “Grande Vinho do Dão” por 3 anos, além do cobiçado “Trophy” e a medalha de ouro da revista inglesa Decanter. O Reserva é também um vinho tinto de grande prestígio, bastante disputado em Portugal, enquanto o Quinta do Perdigão tinto é muito elegante e refinado, produzido para ser bebido um pouco mais jovem.

A Quinta do Perdigão tem uma área de vinha de apenas 7 hectares com produção biológica certificada e cerca de 5 mil videiras por hectare. Embora seja uma plantação de grande densidade, são realmente poucos exemplares produzidos. As uvas mais utilizadas são as tintas Alfrocheiro, Touriga Nacional, Tinta-Roriz e Jaen, além da branca Encruzado.

A pequena quantidade de vinho produzido – tinto, rosé e branco –, resulta de uma colheita bem severa nos meses de julho e agosto, que seleciona as uvas ainda em estado verde, bem como uma rigorosíssima vindima manual, que acontece em setembro. Cada garrafa é fechada à mão e numerada, com rótulos e contrarrótulos cobiçados por enófilos do mundo todo como verdadeiras obras de arte.  

10 produtos

Itens por página
Filtro
Ordenar por