Priorato

A mais festejada região espanhola da última década, o Priorato tem produzido vinhos tintos verdadeiramente espetaculares, extremamente potentes, concentrados e longevos, mas que exigem paciência. São vinhos de baixíssima produção, alguns difíceis de encontrar mesmo na Espanha.

Em geral, isso ocorre porque as uvas do Priorato apresentam um cultivo bastante reduzido, sobretudo pelas condições climáticas da região, que reúnem características bem marcadas - verões longos, secos e quentes e invernos frios, apresentando geadas intensas e até mesmo queda de granizo.

Além disso, os vinhedos da região do Priorato são influenciados pelos baixos índices pluviométricos e pela proximidade com a cadeia de montanhas, o que faz com que sejam plantados a uma altitude de 500 a 700 metros e em posição inclinada para garantir uma boa exposição das uvas ao Sol, bem como às temperaturas frias durante a noite.

Os tipos de uva encontrados com maior frequência nessa que é uma das regiões vinícolas mais quentes e secas da Espanha são a Garnacha Tinta e a Cariñena, responsáveis pela elaboração do clássico vinho tinto Priorato, marcado por aromas que remetem ao alcaçuz e à cereja com conhaque.

O solo da área, por sua vez, apresenta ardósia vermelha permeada por partículas de quartzo, formando uma composição singular conhecida como llicorella, que auxilia no amadurecimento das uvas por meio da retenção de calor. Outra particularidade dessa composição de solo é sua capacidade de armazenar quantidade suficiente de água para que as vinhas cresçam saudáveis e não sejam prejudicadas pelo tempo seco.

Os vinhos espanhóis desta região têm coloração intensa, ótima textura e taninos finos. A maioria dos exemplares é envelhecida em carvalho por pelo menos doze meses e seguem com a graduação de 3 níveis que destaca características distintas de cada rótulo. Sem dúvidas, o Priorato é uma região de vinhos com grande apelo e representatividade entre os maiores nomes da Espanha.

18 produtos

Itens por página
Filtro
Ordenar por