Corvina

A Corvina é a principal uva usada no grandioso vinho tinto Amarone della Valpolicella e no vinho Valpolicella, combinada com parcelas de uva Rondinella e casta Mollinara. Uma uva autóctone da região de Verona, é particularmente indicada à passificação – processo em que as uvas são secas para perderem água e aumentar a concentração de açúcar e proporção de matéria seca. Os bagos da uva Corvina são de tamanho médio, ovais e de cor azulado escuro, formando cachos na forma piramidal. O seu nome, inclusive, foi conferido graças a sua cor escura. Corvina em italiano significa corvo, a uva é “escura como as penas de um corvo”. A uva Corvina confere aos vinhos produzidos com a casta aromas de cerejas e um toque amendoado, além do frescor conferido por sua ótima acidez. Quando os rendimentos são mais altos (maior produção por vinhedo), os vinhos tintos produzidos com a uva Corvina podem ser mais leves, frescos e frutados, como nos exemplos mais clássicos de Valpollicella e Bardolino. Os Amarone della Valpolicella estão entre os mais concentrados e festejados vinhos tintos da Itália. As uvas passificadas conferem ao vinho bastante corpo e graduação alcoólica, proporcionando complexidade aromática e degustativa, tornando-o apto a envelhecer por muitos anos.  O vinho tinto Campofiorin Rosso del Veronese 2011 do produtor Mossi se destaca entre os melhores produzidos com a casta. Possuindo 70% de uva Corvina, 25% de uva Rondinella e 5% da uva Molinara, o tinto é um clássico italiano, sendo um dos vinhos mais emblemáticos da região de Veneto. Com dupla fermentação, técnica em que as uvas são passificadas no estilo do Amarone, o vinho tinto é extremamente complexo e aromático, recebendo na safra de 2011, 91 pontos do renomado Robert Parker, se tornando uma das melhores aquisições italianas no mundo do vinho. Para harmonização, utilize o vinho tinto Valpolicella e Bardolino com pratos leves e queijos amarelos na hora do almoço, já o vinho Amarone que é encorpado, com sabor marcante e de longa permanência, é mais indicado para acompanhar refeições pertencentes a alta gastronomia, exigindo maior requinte na hora de compor refeições.

Sant'Urbano Apassimento Valpolicella Classico Superiore... (Speri)

Tinto, Corvina Veronesse, Corvinone, Rondinella, Molinara, Itália

Speri é indiscutivelmente uma das maiores estrelas de Valpolicella. Segundo o Gambero Rosso, Speri tem uma "notável importância histórica na região de Valpolicella, produzindo sempre alguns dos melhores e mais interessantes vinhos da denominação." Os vinhedos estão todos localizados dentro de Valpolicella Classico, o que é raríssimo entre os produtores desta região. Entre os 60 hectares - todos de cultivo orgânico - a joia da coroa é o fantástico Sant'Urbano, considerado um dos mais excepcionais terroirs do Vêneto. Segundo Robert Parker, os vinhos das safras recentes de Speri estão "realmente impressionantes, mostrando que os vinhos de Sant'Urbano são de fato excepcionais". Os vinhos de Speri combinam classe e elegância com uma grande apelo regional. O Valpolicella Classico, segundo Parker, "mostra todas as características que fazem do Valpolicella um vinho tão gastronômico e fácil de gostar." O Ripasso de Speri mostra "uma suculência e frescor dificilmente encontrados em um Ripasso" segundo o crítico, que avaliou a última safra degustada com 91 pontos - o classificando como o melhor Ripasso da safra 2012. O Sant'Urbano Apassimento Valpolicella Classico Superiore, por sua vez, é um "super Valpolicella", que concorre com os Amarones de outros produtores. Também elaborado apenas com uvas do vinhedo Sant'Urbano, o Amarone della Valpolicella de Speri é um vinho obrigatório para quem gosta do aristocrático Amarone. Com uma coleção de mais de 10 "Tre Bicchieri" do Gambero Rosso, é descrito como "monumental" por Robert Parker, que concedeu 94 pontos para a safra 2009. O vinho combina de maneira magistral potência e frescor, com uma elegância que o torna perfeito para acompanhar comida - uma exceção entre os vinhos da denominação. Estes vinhos artesanais e de minúscula produção estão entre os maiores segredos do Veneto e certamente entre os melhores e mais típicos que a região de Valpolicella pode produzir.

R$ 159,32

Comprar